Avaliação da conformidade de utilização de um protocolo para identificação de pacientes

Richardson Augusto Rosendo da Silva, Rebecca Stefany da Costa Santos, Lahelya Carla de Andrade Oliveira, Thatiane Monick de Souza Costa, Harlon França de Menezes, Sâmara Fontes Fernandes, Fillipe Rangel Lima

Texto completo:

PDF (Português (Brasil))

Resumen

Objetivo: Avaliar a conformidade de utilização de protocolo de identificação de pacientes em um hospital de doenças infectocontagiosas. Método: Estudo quantitativo, descritivo, prospectivo, com casuística de 680 oportunidades. A coleta de dados ocorreu no período de outubro de 2017 a abril de 2018 em um hospital de referência de doenças infectocontagiosas Nordeste do Brasil, por meio do preenchimento leito-à-leito. Para a análise comparativa utilizou-se o teste Qui-quadrado com intervalo de confiança de 95% e significância de 5%. Resultados: A conformidade geral foi de 88,8%. A avaliação do protocolo sobre as variáveis obteve maior conformidade na etapa Presença da Pulseira (94%) e menor na etapa Condições da Pulseira (82%). Conclusão: Foi estabelecido um diagnóstico situacional frente a implantação do protocolo de identificação, identificando aspectos vulneráveis que merecem ser revistos para melhoria contínua da qualidade e segurança dos pacientes.

Palabras clave

Avaliação em enfermagem; Segurança do paciente; Sistemas de identificação de pacientes; Protocolos Clínicos.

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.




Copyright (c) 2020 Revista Cubana de Enfermería

Licencia de Creative Commons
Este obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial-CompartirIgual 4.0 Internacional.