Cuidado seguro ao paciente: contribuições da enfermagem

Andreia Karla Carvalho Barbosa Cavalcante, Ruth Cardoso Rocha, Lidya Tolstenko Nogueira, Fernanda Valéria Silva Dantas Avelino, Silvana Santiago da Rocha

Texto completo:

HTML

Resumen

Introdução: a segurança do paciente é tema de fundamental importância e influência diretamente na qualidade da assistência. A enfermagem está envolvida nesse processo como promotora de ações de segurança por meio de suas práticas de cuidado.
Objetivo: refletir sobre a contribuição da enfermagem para a segurança do paciente na construção do cuidado seguro.
Métodos: estudo reflexivo, produzido a partir de leituras correlacionadas com a área temática, disponíveis nos artigos científicos em bases de dados eletrônicas.
Resultados: ao se abordar a segurança do paciente, busca-se promover a melhor assistência possível. A segurança do paciente representa um dos maiores desafios para a excelência da qualidade no serviço de saúde. As condições de trabalho são fatores que comprometem a qualidade do cuidado e a enfermagem tem participação fundamental nos processos que visam garantir a qualidade da assistência prestada.
Conclusões: as reflexões ora realizadas contribuem para nortear ações para uma melhor assistência ao paciente e ampliação das informações no que se refere ao cuidado seguro. 

Palabras clave

Enfermería; Seguridad del paciente; Cuidados de enfermeira

Referencias

Freitas JS, Silva AEBC, Minamisava R, Bezerra ALQ, Sousa MRG. Qualidade dos cuidados de enfermagem e satisfação do paciente atendido em um hospital de ensino. Rev. Lat.-Am. Enferm. 2014, maio-jun.; 22(3):454-60.

Grigoleto ARL, Gimenes FRE, Avelar MCQ. Segurança do cliente e as ações frente ao procedimento cirúrgico. Rev. Eletr. Enf. [Internet]. 2011 abr/jun;13(2):347-54. Disponível em: https://www.fen.ufg.br/fen_revista/v13/n2/pdf/v13n2a22.pdf. Acesso: 15/07/2015.

Nunes FDO, Barros LAA, Azevedo RM, Paiva SS. Segurança do paciente: como a enfermagem vem contribuindo para a questão? R de Pesq: cuidado é fundamental Online -Bra-.., 2014, abr./jun., 6(2):841-847. Disponível em: http://www.index-f.com/pesquisa/2014/6-841.php Acesso em: 30 de junho de 2015.

Rede Brasileira de Enfermagem e Segurança do Paciente Estratégias para a segurança do paciente : manual para profissionais da saúde/Rede Brasileira de Enfermagem e Segurança do Paciente. – Porto Alegre : EDIPUCRS, 2013, 132 p.

Pennafort, VPS, Freitas CHA, Jorge MSB, Queiroz MVO, Aguiar CAA. Práticas integrativas e o empoderamento da enfermagem. Rev. Min. Enferm.; 2012, abr./jun, 16(2): 289-295.

Capucho HC, Cassiani SHB. Necessidade de implantar programa nacional de segurança do paciente no Brasil. Rev. Saude Publica, 2013, Ago, 47(4):791-798.

Carvalho V. Da enfermagem hospitalar – um ponto de vista. Esc Anna Nery Rev Enferm, 2009, jul-set; 13 (3):640-44.

Pereira MD, Souza DF, Ferraz F. Segurança do paciente nas ações de enfermagem hospitalar: uma revisão integrativa de literatura. Revista Inova Saúde, Criciúma, 2014, nov., 3(2):55-87.

Bueno AAB, Fassarella CS. Segurança do Paciente: uma reflexão sobre sua trajetória histórica. Revista Rede de Cuidados em Saúde. Rio de Janeiro,v. 6, n. 1, 2012.

Brasil. Ministério da Saúde. Documento de referência para o Programa Nacional de Segurança do Paciente/Ministério da Saúde; Fundação Oswaldo Cruz; Agência Nacional de Vigilância Sanitária. – Brasília: Ministério da Saúde, 2014. 40 p. : il. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/documento_referencia_programa_nacional_seguranca.pdf. Acesso em: 20/06/2015.

Carvalho REFL; Cassiani SHB. Questionário Atitudes de Segurança: adaptação transcultural do Safety Attitudes Questionnaire – Short Form 2006 para o Brasil. Rev. Lat.-Am. Enferm., 2012, 20(3):575-82.

Paese F, Dal Sasso GTM. Cultura da segurança do paciente na atenção primária à saúde. Texto Contexto Enferm., Florianópolis, 2013, Abr-Jun; 22(2):302-10.

Reis CT, Martins M, Laguardia J. A segurança do paciente como dimensão da qualidade do cuidado de saúde – um olhar sobre a literatura. Ciênc. Saúde Coletiva. 2013, jul., Rio de Janeiro, 18(7):2029-36.

Mello J F, Barbosa S FF. Cultura de segurança do paciente em terapia intensiva: recomendações da enfermagem. Texto Contexto Enferm, Florianópolis, 2013, Out-Dez; 22(4):1124-33.

Fernandes LGG, Tourinho FSV, Souza NL, Menezes RMP. Contribuição de James Reason para a Segurança do Paciente: reflexão para a prática de enfermagem. Rev. Enferm. UFPE on line., Recife, 2014, jul., 8 (supl. 1):2507-12. Disponível em: www.revista.ufpe.br/revistaenfermagem/index.php/revista/article/download/6217/9853. Acesso em: 20/06/2015.

Oliveira RM , Leitão IMTA , Silva LMS, Figueiredo SV, Sampaio RL, Gondim MM. Estratégias para promover segurança do paciente: da identificação dos riscos às práticas baseadas em evidências. Esc. Anna Nery, Rio de Janeiro, Jan./Mar., 2014, 18(1):122-129.

Tase TH, Lourenção DCA, Bianchini SM, Tronchin DMR. Identificação do paciente nas organizações de saúde: uma reflexão emergente. Rev. Gaúcha Enferm., 2013, 34(2):196-200.

Silva AEBC. Segurança do paciente: desafios para a prática e a investigação em enfermagem, Rev. Eletr. Enf. [Internet]. 2010; 12(3):422. Disponível em: http://dx.doi.org/10.5216/ree.v12i3.11885. Acesso em: 19/07/2015.

Gonçalves LA, Andolhe R, Oliveira EM, Barbosa RL, Faro ACM, Gallotti RMD, Padilha KG. Alocação da equipe de enfermagem e ocorrência de eventos adversos/incidentes em unidade de terapia intensiva..Rev. Esc. Enferm. USP, São Paulo, 2012, out., 46(no.spe):71-7.

Dias JD, Mekaro KS, Tibes CMS, Zem-Mascarenhas SH. Compreensão de enfermeiros sobre segurança do paciente e erros de medicação. Rev. Min. Enferm., 2014, out/dez; 18(4):866-873.

Sousa PAF, Dal Sasso GTM, Barra DCC. Contribuições dos registros eletrônicos para a segurança do paciente em terapia intensiva: uma revisão

integrativa. Texto Contexto Enferm, Florianópolis, 2012, Out-Dez; 21(4):971-9.

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.




Copyright (c) 2015 Andreia Karla Carvalho Barbosa Cavalcante, Ruth Cardoso Rocha, Lidya Tolstenko Nogueira, Fernanda Valéria Silva Dantas Avelino, Silvana Santiago da Rocha

Licencia de Creative Commons
Este obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial-CompartirIgual 4.0 Internacional.