Tratamiento multidisciplinario para los adultos obesos grado III: una revisión Integrativa

Ian Rigon Nicolau, Fátima Helena Espírito Santo, Carla Lube Chibante

Texto completo:

HTML

Resumen

Introdução: as doenças e agravos não transmissíveis vêm aumentando e, no Brasil, são as principais causas de óbitos em adultos, sendo a obesidade um dos fatores de maior risco para o adoecimento neste grupo.

Objetivo: identificar as evidências disponíveis na literatura sobre o tratamento multiprofissional para adultos obesos grau III e a inserção da enfermagem nesse contexto.

Métodos: a coleta de dados foi realizada nas bases de dados LILACS, IBECS, MEDLINE e BDENF nos anos de 2004 a 2014 em inglês, português, espanhol e francês. Foram encontradas 385 publicações, das quais 9 atenderam aos critérios de seleção.

Resultados: foi possível identificar como é realizado o tratamento para obesos grau III e a importância de uma equipe multiprofissional para o sucesso do mesmo. A prevalência dos artigos encontrados faz referência direta à assistência de enfermagem aos pacientes obesos em processo de pré, trans e pós-operatório, seja para cirurgia bariátrica, ou outros processos cirúrgicos.

Conclusões: o trabalho em equipe é essencial para auxiliar a minimizar os danos à saúde de pacientes obesos mórbidos e iniciar um processo de mudança de estilo de vida.

Palavras chave: obesidade mórbida; enfermagem; cuidados de enfermagem; avaliação em enfermagem.

Palabras clave

obesidad mórbida; enfermería; atención de enfermería; evaluación em enfermería.

Referencias

World Health Organization (WHO). Report of a WHO consultation on obesity. In: Obesity: preventing and managing the global epidemic. [acesso em 15 mai 2015]. Disponível: http://apps.who.int/bookorders/anglais/detart1.jsp?sesslan=1&codlan=1&codcol=10&codcch=894

Santos JP, Souza MCBM, Oliveira NF. Criança obesa, adulto hipertenso? Rev Eletr Enf [Internet] 2011;13(1):70-7 [acesso em 25 mai 2015]. Disponível: http://dx.doi.org/10.5216/ree.v13i1.6346

Marie NQ et al. Global, regional, and national prevalence of overweight and obesity in children and adults during 1980–2013: a systematic analysis for the Global Burden of Disease Study 2013. Lancet [Internet] 2014;384(9945):766–81 [acesso em 25 mai 2015]. Disponível: http://dx.doi.org/10.1016/S0140-6736(14)60460-8

Ministério da Saúde (BR). Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Política Nacional de Alimentação e Nutrição / Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. 1. ed. Brasília: Ministério da Saúde; 2013.

Schmidt MI et al. Chronic non-communicable diseases in Brazil: burden and current challenges. Lancet [Internet] 2011;377(9781):1949-61 [acesso em 10 mai 2014]. Disponível: http://dx.doi.org/10.1016/S0140-6736(11)60135-9

Junior Garrido AB. Cirurgia em obesos mórbidos: experiência pessoal. Arq Bras Endocrinol Metab [Internet] 2000;44(1):106-10 [acesso em 14 mar 2015]. Disponível: http://dx.doi.org/10.1590/S0004-27302000000100017

Harrington L. Postoperative care of patients undergoing bariatric surgery. Medsurg Nursing [Internet] 2006;15(6):357-63 [acesso em: 14 mar 2014]. Disponível: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/17305111

Faria FC, Bonito J. Excesso de peso e a obesidade infantil numa escola portuguesa. In: Silva GTR, Espósito VHC. Educação e Saúde: cenários de pesquisa e intervenção. São Paulo: Martinari; 2011. p. 135-48.

Lobato BC, Teixeira CRS, Zanetti GG, Zanetti ML, Oliveira MD. Evidências das implicações do diabetes mellitus no trabalho: uma revisão integrativa. Rev Eletr Enf [Internet] 2014;16(4):822-32 [acesso em 10 jul 2015]. Disponível: http://dx.doi.org/10.5216/ree.v16i4.22328

Mendes KDS, Silveira RCCP, Galvão CM. Revisão integrativa: método de pesquisa para a incorporação de evidências na saúde e na enfermagem. Texto contexto-enferm [Internet] 2008;17(4):758-64 [acesso em 14 mar 2015]. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/S0104-07072008000400018

Oliveira MS, Lima EFA, Marabotti CLF, Primo CC. Perfil do paciente obeso submetido à cirurgia bariátrica. Cogitare Enferm [Internet] 2013;18(1):90-4 [acesso em 23 mar 2015]. Disponível em: http://dx.doi.org/10.5380/ce.v18i1.31312

Santos AA, Carvalho CC, Chaves ECL, Goyatá SLT. Qualidade de vida de pessoas com obesidade grau III: Um desafio comportamental. Rev Bras Clín Med. 2012;10(5):384-9.

Felix LG, Soares MJGO, Nobrega MML. Protocolo de assistência de enfermagem ao paciente em pré e pós-operatório de cirurgia bariátrica. Rev bras enferm [Internet] 2012;65(1):83-91 [acesso em 23 mar 2015]. Disponível: http://dx.doi.org/10.1590/S0034-71672012000100012

Tanaka DS, Peniche ACG. Assistência ao paciente obeso mórbido submetido à cirurgia bariátrica: dificuldades do enfermeiro. Acta paul enferm [Internet] 2009;22(5):618-23 [acesso em: 23 mar 2014]. Disponível: http://dx.doi.org/10.1590/S0103-21002009000500004

Bennicoff G. Perioperative Care of the Morbidly Obese Patient in the Lithotomy Position. AORN J. [Internet] 2010 [acesso em: 25 abr 2014];92(3):297-312. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1016/j.aorn.2010.04.016

Lorentz MN, Albergaria VF, Lima FAS. Anestesia para Obesidade Mórbida. Rev bras anestesiol [Internet] 2007;57(2):199-213 [acesso em 23 mar 2015]. Disponível: http://dx.doi.org/10.1590/S0034-70942007000200010

Rico Hernández MA, Sancho EM, Fuster MA, Gómez JD, Viñuela IC. Comparación a 5 años de dos técnicas de cirugía bariátrica en pacientes con obesidad mórbida seguidos en consulta enfermera. Nutr Hosp [Internet] 2009;24(6):667-75 [acesso em 23 mar 2015]. Disponível: http://scielo.isciii.es/scielo.php?pid=s0212-16112009000600006&script=sci_arttext

Moreira RAN, Barros LM, Rodrigues AB, Caetano JA. Diagnósticos, intervenções e resultados de enfermagem no pós-operatório de cirurgia bariátrica. Rev Rene [Internet] 2013;14(5):960-70 [acesso em 25 abr 2015]. Disponível: http://www.revistarene.ufc.br/revista/index.php/revista/article/view/1268

Santos AT, Panata CH, Schmitt J, Padilha MI, Amante LN. A história de pessoas com obesidade mórbida: uma experiência no sul do Brasil. Enfermagem em Foco [Internet] 2010 [acesso em 23 mar 2015];1(3):109-13. Disponível em: http://revista.portalcofen.gov.br/index.php/enfermagem/article/view/38/38

Segal A, Fandiño J. Indicações e contra-indicações para realização das operações bariátricas. Rev Bras Psiquiatr [Internet] 2002 [acesso em 19 nov 2014];24(Supl3):68-72. Disponível: http://dx.doi.org/10.1590/S1516-44462002000700015

Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica. Consenso Bariátrico [acesso em 15 dez 2014]. Disponível em: http://www.sbcb.org.br/membros_consenso_bariatrico.php

Felix LG, Nobrega MML, Soares MJGO. Nursing process fundament in the nursing theory of Orem’s self-care to a patient submitted to bariatric surgery. Rev Enferm UFPE On Line [Internet] 2009 [acesso em: 10 nov 2014];3(4):26-34. Disponível: http://www.revista.ufpe.br/revistaenfermagem/index.php/revista/article/viewFile/89/pdf_944

Costa ACC, Ivo ML, Cantero WB, Tognini JRF. Obesidade em pacientes candidatos a cirurgia bariátrica. Acta paul enferm [Internet] 2009 [acesso em: 6 mai 2014];22(1):55-9. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/S0103-21002009000100009

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.




Copyright (c) 2017 Ian Rigon Nicolau, Fátima Helena Espírito Santo, Carla Lube Chibante

Licencia de Creative Commons
Este obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial-CompartirIgual 4.0 Internacional.